PIS 2022: Calendário PIS 2022, Consultar Valor PIS

Os trabalhadores com carteira assinada já estão ansiosos para saber mais informações sobre o PIS 2022. Este programa é muito mais que apenas um benefício pago ao trabalhador, ele serve também para contribuir com o desenvolvimento de empresas do setor. Saiba todas as informações sobre o PIS 2022 no artigo a seguir!

O PIS ou Programa de Integração Social foi criado pelo Governo Federal com o intuito de fazer com que o trabalhador contribua ativamente para o desenvolvimento da sua empresa e ainda receba os benefícios determinados por lei.

Todo trabalhador que atender os requisitos exigidos recebe anualmente um valor em dinheiro. Este valor é depositado na conta e é proporcional ao tempo de serviço prestado na empresa.

O pagamento deste benefício, chamado Abono Salarial, é feito de acordo com o calendário do PIS, que contém todas as datas em que ocorrerão estes pagamentos.

Quem pode receber o PIS 2022?

O valor pago em dinheiro pelo PIS anualmente aos trabalhadores pode chegar no máximo a 1 salário mínimo vigente. Abaixo você confere quais são os requisitos necessários para receber o Abono Salarial.

  • Possuir cadastro no PIS há pelo menos 5 anos;
  • Ter recebido no ano anterior uma remuneração mensal de até 2 salários mínimos;
  • Ter exercido no ano anterior uma atividade remunerada por pelo menos 30 dias;
  • Possuir o cadastro na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) sempre atualizado. Quem faz essa atualização é o empregador.

Se você atende a todos os requisitos exigidos acima, então você tem direito a receber o benefício do PIS 2022!

Valor do PIS 2022

Todo trabalhador que recebe salário de um empregador que contribui com o PIS tem direito a receber o Abono Salarial como explicamos acima.

Esse Abono Salarial é um dinheiro pago anualmente a todos os trabalhadores. O cálculo é feito com base no tempo de serviço prestado pelo trabalhado no ano-base a ser calculado.

Abaixo você confere a tabela com os valores do Abono. Observe que o valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado.

Calendário do PIS 2022

O calendário do PIS serve para que o trabalhador saiba quando vai receber. Nessa tabela, estão as datas exatas em que o trabalhador pode sacar o benefício na Caixa Econômica Federal.

Neste calendário você encontra o mês de aniversário com as datas em que o trabalhador poderá sacar o benefício. Para consultar é bem simples, basta ver o mês em que você nasceu e conferir a data de saque.

Abaixo você confere o calendário correspondente disponível até o momento de elaboração deste artigo. Em breve, o calendário do PIS 2022 será divulgado. Aguarde!

Consulta PIS 2022

Consultar o seu PIS 2022 é muito simples, basta seguir os passos abaixo:

  • Passo 1 Acesse esse site;
  • Passo 2 Preencha corretamente o número do seu PIS e a sua senha, marque a opção “não sou um robô” e clique em OK;
  • Passo 3 Se esse for o seu primeiro acesso, é necessário cadastrar uma senha. Para isso, basta clicar na opção “Cadastrar senha” e preencher corretamente as informações;
  • Passo 4 Ao entrar no sistema, clique na opção “PIS” e em seguida em “Consulta a Pagamento”.

Passou no PROUNI 2022? Saiba como se matricular!

Para todos os estudantes que se inscreveram nas vagas oferecidas pelo PROUNI, é preciso ficar atentos para a data de liberação dos resultados finais do programa. Assim, sabendo quem passou no PROUNI 2022. É por meio do próprio site do programa que os candidatos podem saber passou no PROUNI 2022.

Portanto, continue lendo este artigo e saiba todas as informações sobre os aprovados PROUNI 2022!

PROUNI 2022

O Programa Universidade para Todos do Governo Federal, nada mais é do que um programa de inclusão de pessoas nas Universidades do Brasil.

Por meio deste programa, milhares de pessoas hoje estão matriculadas em Universidades com bolsas de estudo. Essas bolsas em grande parte dos casos podem ser de até 100% do curso, ou pelo menos de 50%.

Dessa forma, milhares de pessoas anualmente se fazem suas inscrições PROUNI 2022. Porém, infelizmente o número de quem passou no PROUNI 2022, sempre é baixo em comparação aos candidatos inscritos.

Para se inscrever no PROUNI, os candidatos devem passar por certas regras que definirão se a pessoa poderá ou não se matricular nas Universidades neste programa.

Afinal, ele foi idealizado para atender as pessoas com baixa renda financeira. Assim, dando maiores oportunidades para quem deseja ter um curso superior, mas não possui condições financeiras para isso.

✓ Veja mais informações sobre Matrícula Fácil 2022

Lembrando que o PROUNI 2022 abre inscrições apenas para Universidades particulares. Ou seja, não será possível frequentar um curso em uma UF por meio do PROUNI.

Quem pode se inscrever no PROUNI

Como dito acima, regras foram criadas para determinar quem poderá entrar ou não nas Universidades por meio do PROUNI 2022. Portanto, todo o estudante interessado, primeiramente deverá procurar informações sobre as regras de inscrição.

Dessa forma, veja abaixo todas as exigências para ingressar em uma Universidade PROUNI:

  • O candidato deverá ter uma renda mensal por pessoa em sua família de até 1 salário mínimo para concorrer a bolsas de 100% de desconto;
  • Caso o candidato deseje se inscrever para as vagas de 50% de desconto, deverá ter uma renda per capita de até 3 salários mínimos mensalmente em sua família;
  • O interessado deverá ter cursado o ensino médio em escola da rede pública;
  • Ou ter cursado o ensino médio em uma escola particular, porém, desde que na posição de bolsista integral;
  • Os professores da rede pública exercendo o magistério da educação básica poderão se inscrever no PROUNI.

Portanto, quem se inscreveu e passou no PROUNI 2022, teve primeiramente de se submeter a todas essas regras acima. Assim, será possível realizar sua inscrição e ter sua aprovação PROUNI 2022.

Passou no PROUNI 2022? Saiba como se matricular

Se você já se inscreveu e passou no PROUNI 2022, saiba que nem tudo está feito. Ainda é preciso realizar alguns procedimentos para garantir a sua vaga na Universidade e curso que escolheu.

Ao sair o resultado PROUNI 2022 e você checar que passou no PROUNI 2022, é preciso por fim, confirmar o seu interesse na vaga. Para isso, e preciso que o estudante aprovado vá até a Universidade em que foi aprovado com alguns documentos pessoais.

Estes documentos servem para que tanto a Universidade quanto o PROUNI 2022, possam confirmar que o estudante irá tomar a vaga para si. Assim, confirmando todos os seus dados e lhe dando permissão para usufruir de seu benefício estudantil.

Veja abaixo quais documentos necessários PROUNI 2022 levar para confirmação caso você passou no PROUNI 2022:

  • Documento de comprovação de renda família atualizado;
  • Identidade RG – Registro Geral, CPF – Cadastro de Pessoa Física;
  • Comprovante de residência dos últimos 6 meses;
  • Comprovante de conclusão do ensino médio.

Com estes documentos, será possível comprovar o seu interesse na vaga e assim, dar início aos seus estudos na Universidade e curso que você escolheu durante a inscrição.

Como Funciona o Importa Fácil para entregas

A Sequoia não faz uso do sistema de entrega de mercadorias expresso Sequoia. Se você não entende por que motivo funciona desse modo, esse artigo vai explicar a escolha de outro tipo de serviço dos correios a nível da entrega de produtos que substitui o famoso Sequoia.

Quando você compra um produto na Sequoia receberá essa encomenda através do sistema “importa fácil” dos correios, o que não permite o uso do rastreamento Sequoia como alguns gostariam. Quais as vantagens então do sistema “importa fácil”? A ideia não é prejudicar ou complicar sua vida, mas sim conseguir uma importação segura, pelo preço mais baixo possível e de forma rápida.

Com esse sistema é possível reduzir os custos devido à simplificação no processo de importação. Mas não esqueça que estamos falando de uma importação, por isso as encomendas feitas necessitarão passar pela alfândega brasileira para tratar os dados da mercadoria. Aí o produto é medido e pesado para que possa ser definido o valor da taxa de importação do mesmo.

Como você pode entender pelo que foi explicado acima, o produto não irá diretamente para o consumidor, nem para a morada que esse indicou. Isso apenas acontecerá depois que você pague a taxa de importação.

Aí é que a encomenda será enviada e entregue na morada anteriormente determinada.Apesar de parecer complicado, esse processo está hoje muito mais prático mesmo a nível da alfândega brasileira, com logística simplificada pelo uso de equipamentos eletrônicos.

Além disso, o cliente poderá pedir o licenciamento do pedido pela Internet na página dos Correios e o desembaraço é feito de forma eletrônica.Segundo os Correios esse processo é rápido, portanto depois é só esperar que a encomenda seja entregue na morada correspondente. Esse é sem dúvida um dos sistemas que você poderá usar com mais confiança e segurança.

Portal Bolsa Família: Como Acessar

As famílias que foram beneficiadas com o programa Bolsa Família poderão consultar todas as informações do benefício pela internet, através do portal Bolsa Família. Acompanhe as informações a seguir e saiba como acessar o portal Bolsa Família.

Centenas de famílias classificadas como pobres ou extremamente pobres recebem o benefício do Bolsa Família. Este benefício é pago apenas para as famílias que atenderem todos os requisitos obrigatórios.

Diversos órgãos públicos estão utilizando a internet para facilitar diversos processos burocráticos simples. Famílias que precisam saber informações sobre o benefício já não precisam se deslocar até o órgão público.

De maneira fácil e rápida, as famílias conseguem consultar informações importantes com apenas alguns cliques. Você vai precisar apenas de um computador que tenha acesso a internet para consultar as informações que precisa.

Condições para receber o Bolsa Família?

Não é qualquer família que pode se cadastrar e começar a receber o benefício do Calendário do Bolsa Família. Existem requisitos exigidos pelo Governo Federal e pelo Ministério do Desenvolvimento.

Mesmo depois de fazer o cadastro, a família passa por uma seleção, onde apenas as que cumpriram todas as exigências são aprovadas.

Depois de serem aprovadas, essas famílias recebem um cartão magnético que possibilita o saque desse dinheiro.

Veja a seguir quem pode receber esse benefício:

  • Pertencer a uma família extremamente pobre, ou seja, que tenha uma renda per capita de até R$ 89,00 ou;
  • Pertencer a uma família pobre, isso quer dizer, que tenha uma renda per capita de R$ 89,01 até R$ 178,00.

Para comprovar todas as informações será necessário apresentar alguns documentos. Depois de comprovar que sua família pode ser beneficiada, você poderá acessar o portal Bolsa Família sem problemas.

Quais os documentos necessários?

O Governo Federal exige a apresentação desses documentos para que a família comprove que é pobre ou extremamente pobre.

Acompanhe a lista a seguir e já separe os seus documentos:

  • Documentos de identificação de todos os membros da família (RG, Certidões de casamento ou nascimento);
  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante de residência;

Esses documentos devem ser de todos os membros da família, pode ser que mais alguns sejam pedidos, providencie-os.

Como acessar portal Bolsa Família?

Acessar o portal Bolsa Família 2022 é muito fácil, você vai precisar para dar início a sua pesquisa de um computador com acesso à internet.

Siga as informações abaixo e visite o site:

  • Acesse esse site;
  • Na tela que abrir, preencha suas informações de login e senha;
  • Se você perdeu essas informações de acesso, ou simplesmente não lembra, entre em contato com o gestor desse benefício na sua região ou envie um e-mail para o suporte.

Você também pode consultar informações sobre o seu benefício do Bolsa Família no site oficial da Caixa Econômica Federal.

Lembre-se de não acessar sites suspeitos, pois eles podem roubar todas as suas informações pessoais e você perder o direito ao benefício. Infelizmente a internet ainda é um ambiente muito perigoso.

Saem as regras do Imposto de Renda: entrega da declaração começa em 1º de março

Muitos brasileiros já ouviram falar sobre o Imposto de Renda 2022, mas você sabe o que ele significa? Diversas dúvidas surgem em relação ao Imposto de Renda 2022 e como declará-lo. No post de hoje, vamos abordar esse assunto e trazer todas as novidades em relação a ele.

Imposto de Renda 2022

O Imposto de Renda nada mais é do que um desconto feito nos rendimentos do trabalhador. Esse desconto é entregue ao governo federal. Seu valor é sempre estabelecido pelo governo e varia de país para país.

Existe um valor mínimo determinado pelo governo. Todo trabalhador que tiver rendimentos maiores que esse valor mínimo é obrigado a apresentar a DIRPF (Declaração de Ajuste Anual). Este tipo de imposto que é pago pelos trabalhadores recebe o nome de IRPF (Imposto de Renda Sobre Pessoa Física).

Quem é responsável por toda a recolha deste imposto de renda é a Receita Federal. Vamos explicar com maiores detalhes o procedimento que você deverá seguir para fazer a sua declaração do Imposto de Renda 2022.

IMPOSTO DE RENDA 2022: Para que Serve?

Só quem mora no Brasil sabe o quanto é difícil pagar por tantos impostos e não saber para onde vai esse dinheiro todo, principalmente quando se trata do Imposto de Renda. É muito importante questionarmos para onde estão levando o nosso dinheiro e como ele está sendo usado.

O Imposto de Renda é muito comum em praticamente todos os países, e no Brasil não seria diferente, mas o que será que estão fazendo com o nosso dinheiro?

Geralmente, o dinheiro arrecadado com impostos deve ser aplicado em diversos tipos de gestões, por exemplo, a gestão de serviços públicos, municipais, estaduais e federais. Isso engloba serviços como saúde, desenvolvimento social, educação, esportes, cultura e obras de infraestrutura.

Você sabia que o dinheiro do seu Imposto de Renda 2022 serve para pagar o salário de políticos como governadores, deputados, vereadores e prefeitos?

Por isso, tenha em mente que a sua declaração de Imposto de Renda 2022 e todos os seus respectivos descontos pagam o salário de diversos políticos para governar o local onde você mora. Por isso, fique atento e cobre os responsáveis caso eles não estejam cumprindo os objetivos propostos.

IMPOSTO DE RENDA 2022: Declaração Passo a Passo

A declaração do Imposto de Renda 2022 ainda não foi pedida pela Receita Federal, mas fique atento nas informações que reunimos, pois elas te ajudarão bastante na próxima declaração.

Acompanhe esse Passo a Passo:

  • O primeiro passo é reunir todos os documentos referentes as informações que precisam estar nessa declaração tais como informes de rendimentos, comprovantes de despesas que poderão ser deduzidas e documentos que comprovam a compra de bens como imóveis e veículos;
  • É necessário que você baixe um programa gerador de declaração (PGD) e você o encontra nesse endereço;
  • Preencha corretamente os seus dados;
  • Em seguida, você vai optar pelo modelo da sua declaração: ele pode ser Completo ou Simplificado;
  • Pronto, você já pode enviar a sua declaração!

Tabela Alíquotas: como consultar?

A declaração do imposto de renda não é necessariamente obrigatória à todos os cidadãos. Alguns são isentos dessa declaração, pois devem atender aos requisitos estabelecidos pelo governo.

Para saber se você precisa declarar o imposto de renda, clique no link disponível e saiba: Quem precisa declarar o imposto de renda.

Se você precisa declarar o imposto, então você deverá saber o que é a Tabela Alíquotas e pra que servem. A Tabela Alíquotas do Imposto de Renda 2022 é uma tabela que consta todas as informações importantes sobre as alíquotas do Imposto de Renda que você precisa declarar.

Essas alíquotas passam por atualizações anualmente, por isso a importância de se consultar uma tabela atualizada. Você encontrará essa tabela disponível durante o ano todo no site da Receita Federal e também aqui no nosso site. Para saber todos os detalhes acesse o post que preparamos sobre este assunto: consulte sua Tabela Alíquota.

Simulação: Imposto de Renda 2022

Se você nunca declarou o Imposto de Renda, o mais indicado é que você faça uma simulação para conhecer como funciona o sistema e como declarar de fato. Ou se não é a primeira vez que você declara, fazer uma simulação antes te assegura que não está faltando nenhum documento necessário.

Para entender como fazer a simulação de forma simples, clique aqui e tenha acesso ao passo a passo de como simular.

Programa Imposto de Renda: Como baixar?

A Receita Federal é o órgão responsável por fazer o recolhimento desses valores. Atualmente existe o Programa Imposto de Renda 2022 que facilita muita a vida de quem precisa fazer a declaração do IR.

Para fazer a declaração do seu imposto, é necessário fazer o download do programa da Receita Federal em seu computador.

Confira como baixar o programa para seu computador da maneira correta e segura.

Como Consultar a Restituição Imposto de Renda 2022

Aos que fazem a declaração do imposto, em um prazo estabelecido pela Receita, são divulgados os lotes de contribuintes que terão direito a restituição no final de cada ano. Ou seja, o dinheiro que será restituído pelo governo. Para entender mais como funciona este processo e saber como consultar sua Restituição, clique aqui e tenha acesso ao post que preparamos sobre este assunto.

Malha fina do Imposto de Renda: O que é?

No site da Receita Federal, você encontra documentos e softwares que facilitam muito na hora da declaração. É através da Receita Federal que são feitos os cruzamentos das informações do contribuinte que estiver declarando o Imposto de Renda para ver se as informações são verídicas. Esse tipo de procedimento chama-se “Malha Fina”.

Em outras palavras, a Malha Fina IR 2022 funciona como uma espécie de peneira – ou filtro – que verifica se há inconsistências em todas as declarações realizadas. Caso uma declaração tenha sido feita de forma incorreta, esteja incompleta ou nela conste qualquer tipo de pendência, ela “não passa por essa peneira”, ou seja, fica na Malha Fina.

Para saber todos os detalhes sobre a Malha Fina do Imposto de Renda, clique aqui e saiba para que serve e quais ações deverão ser tomadas para evitar qualquer problema.

Pagamento do DPVAT deve ser feito para garantir indenização a vitimas de acidentes de trânsito

Proprietários de veículos deverão efetuar o pagamento do seu DPVAT RS 2022 para garantir que as vítimas de trânsito sejam indenizadas em casos de acidentes. Saiba mais informações sobre o seguro DPVAT RS 2022, como emitir a guia e como efetuar o seu pagamento na matéria de hoje!

O DPVAT, conhecido também por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, é um tipo de seguro que indeniza todas as vítimas de trânsito.

O DPVAT é cobrado juntamente com o IPVA, portanto, os proprietários de veículos são obrigados a pagar por esse seguro. Mesmo que você possua um veículo isento do pagamento do Seguro DPVAT 2022, esse seguro deverá ser pago separadamente.

Hoje, vamos te ensinar como emitir a guia de pagamento para que você fique com seus compromissos em dia. Continue acompanhando!

Veja também sobre o DPVAT 2022 BA.

Coberturas e Valores das Indenizações do DPVAT RS 2022

Como já foi mencionado, o seguro DPVAT foi criado para indenizar todas as vítimas de trânsito. Este seguro realiza três tipos de cobertura. Conheça:

  • DAMS (Despesas Médicas e Hospitalares);
  • Casos em que a vítima tenha sofrido algum tipo de invalidez permanente;
  • Casos de morte.

Qualquer cidadão que tenha sofrido algum acidente de trânsito poderá solicitar o pagamento de sua indenização. Essa indenização será paga em dinheiro e o seu valor varia de acordo com cada situação.

O valor pago em casos de indenizações referentes às despesas médicas pode chegar a até R$ 2.700,00.

Já nos casos de morte ou invalidez, esse valor aumenta e pode ser de até R$ 13.500,00 por vítima.

Valor do DPVAT RS 2022

O valor do DPVAT RS 2022 ainda não foi divulgado, mas na tabela abaixo você pode conferir os valores de 2017. No ano seguinte, a tabela deverá sofrer alguns reajustes, mas observando os valores atuais você consegue ter uma ideia de quanto pagará em 2022.

Como Receber o Seguro DPVAT RS 2022?

Se você se envolveu em um acidente e está em dia com o pagamento do seu Seguro DPVAT, pode pedir a sua indenização.

O procedimento e os documentos necessários são diferentes dependendo do tipo de cobertura. Veja mais informações:

  • Despesas médicas
  • Invalidez permanente
  • Morte

Em cada um desses links, você confere as informações detalhadas de como pedir cada indenização. Você será redirecionado para o site da Seguradora Líder, administradora oficial dos seguros DPVAT em todo o país.

Caso tenha alguma dúvida, pode entrar em contato com a seguradora no SAC DPVAT:

  • 0800 022 12 04 (pessoas em geral)
  • 0800 022 12 06 (deficientes auditivos e de fala)

Veja Como Emitir a Guia de Pagamento do DPVAT RS 2022

Os proprietários de veículos só conseguirão realizar o pagamento do DPVAT RS 2022 no começo do ano e a guia de pagamento só poderá ser emitida no final de 2017.

Abaixo, você poderá acompanhar todas as nossas informações para saber como emitir a sua guia de pagamento.

  • Renovação de veículos usados (micro-ônibus, ônibus e lotação que cobra frete)
  • Para realizar o pagamento à vista, acesse essa página e forneça todas as informações solicitadas.
  • Se preferir fazer o pagamento parcelado, a guia pode ser gerada no mesmo site.

Renovação de demais veículos usados

Nesses casos, o pagamento só pode ser feito à vista através desse link.

Para veículos 0km, o proprietário deverá se dirigir pessoalmente até a unidade do DETRAN RS e emitir a guia de pagamento.

Veículos isentos de IPVA

Se o seu veículo for isento de IPVA, seu DPVAT deverá ser pago no momento do emplacamento ou licenciamento anual.

O pagamento do DPVAT em qualquer modalidade citada acima pode ser feito nos bancos:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Itaú.

Concorrer a vagas remanescentes do FAETEC é possível

Quem acabou não sendo aprovado logo de início, poderá aguardar por vagas deixadas pelos candidatos aprovados, porém, para fazer essa solicitação, o candidato deverá ter alguma experiência prévia no curso que deseja iniciar;

Exclusivo para quem já finalizou o Ensino Médio.

Cursos especializados:

Diferente das outras, para se candidatar a essa modalidade, o candidato deverá apenas ter finalizado o seu Ensino Médio e ter como provar após ser selecionado pelo Vestibulinho ETEC 2022.

Desta forma, cada curso disponibilizado pelo Vestibulinho ETEC possui suas próprias regras de admissão, se ainda tiver dúvidas sobre a demais regras, você poderá acessar o edital e ter todas as informações que precisa.

Conheça também o processo de inscrição FAETEC 2022.

Estrutura prova da ETEC 2022

O Vestibulinho realizado pela instituição é extenso e complexo, ficam disponíveis quatro horas para que os candidatos desenvolvam a estrutura prova da ETEC 2022.

Os portões são abertos com 1 hora de antecedência, às 12h30 e a partir das 13h30 inicia o tempo corrido para realização de 50 questões objetivas, de múltipla escolha.

A estrutura do exame para quem deseja ingressar diretamente no ensino técnico é diferente. São 30 questões de múltipla escolha, de conhecimento geral e específico. Focado na área escolhida para o curso.

No dia da prova é preciso apresentar documento de identificação com foto, e levar caneta azul ou preta, lápis e borracha.

Cursos Vestibulinho ETEC 2022

Como todas as vagas são oferecidas ao público de forma gratuita, é comum que exista uma grande quantidade de concorrentes em todas as edições do Vestibulinho ETEC 2022.

Mesmo com a grande gama de cursos gratuitos ETEC 2022, em todos os anos milhares de candidatos acabam por optar por alguns cursos que possuem maior prestigio.

Quem iniciar o ensino técnico em conjunto com o ensino médio vai estudar integralmente na unidade de ensino. No período da manhã participa das aulas do ensino regular, e a tarde realiza as atividades do curso escolhido.

Confira abaixo os principais cursos gratuitos oferecidos pela instituição:

  • Farmácia;
  • Edificações;
  • Automação visual;
  • Meio ambiente;
  • Secretariado;
  • Comunicação visual;
  • Processos fotográficos;
  • Museologia;
  • Mecatrônica;
  • Design;
  • Recursos humanos;
  • Técnico em enfermagem;
  • Administração;
  • Informática;
  • Teatro;
  • Suporte de informática;
  • Paisagismo;
  • Telecomunicações
  • Marketing;
  • Comércio;
  • Programação de jogos digitais;
  • Rede de computadores;
  • Entre outros.

Se o curso que você deseja iniciar não está na listagem acima, clique aqui para ir até o site oficial e ver a lista completa dos cursos ofertados neste ano.

Veja o vídeo produzido pela instituição e que mostra um pouco mais sobre os cursos oferecidos nas escolas. Enfatizando a infraestrutura de atendimento e a credibilidade da ETEC em todo o país.

Calendário Vestibulinho ETEC 2022

Sempre que se inicia um novo ano, a direção responsável pelo Vestibulinho ETEC 2022 acaba por liberar um calendário anual do qual contém todas as datas de suas etapas das inscrições ETEC 2022, seleção e classificação.

Confira o calendário ETEC logo abaixo da edição mais recente do vestibular, considerando o segundo semestre de 2019:

  • De 28/03 até as 15h do dia 09/04: Inscrições para redução da taxa do Vestibulinho;
  • De 10/04 até as 15h do dia 20/05: Inscrições processo seletivo;
  • De 30/04 até as 15h do dia 20/05: Inscrição para quem solicitou a redução da taxa de inscrição;
  • 11/06: Divulgação dos locais de Exame;
  • 16/06, às 13h30min: Exame;
  • 16/06, a partir das 18h: Divulgação do gabarito ETEC oficial;
  • 05/07: Divulgação da lista de classificação geral para os cursos técnicos com prova de aptidão;
  • 16/07: Divulgação da lista de classificação geral dos demais cursos;
  • 17/07 e 18/07: Divulgação da 1ª lista de convocação e matrícula;
  • 19/07: Divulgação da 2ª lista de convocação;
  • 22/07 e 23/07: Matrícula da 2ª lista de convocação.

Com essas datas em mãos não deixe nenhumas das etapas passar desapercebido, pois caso perca alguma delas, você poderá até mesmo ser desclassificado do Vestibulinho ETEC 2022.

Durante o ano podem haver outras edições do processo seletivo, dedicado a modalidades específicas. O ideal é estar atento ao site ETEC 2022, em que são postadas oficialmente novas informações. E não esqueça as vagas do segundo semestre ETEC!

Possibilidade de ficar sem energia elétrica em casa

Pagar a conta de luz em dia é mais que um compromisso diante da possibilidade de ficar sem energia elétrica em casa. Mas o que leva o cliente a atrasar a conta pode ser uma variedade de situações e que nem sempre é possível no dia certo, por exemplo, pode ser por perda ou por ter sido danificada, uma criança sem saber pega e deixa cair na água ou rasga e por aí vai. Então muitas vezes os impedimentos temporários podem acontecer, por isso é importante saber como emitir a segunda via da fatura.

Faça a emissão da 2ª via Light.

Com a chegada da internet, os clientes ganharam mais uma oportunidade de regularizar a conta sem que tenha que enfrentar longas filas ou fazer outros procedimentos diretamente no site com segurança e rapidez.

A empresa elaborou um autoatendimento nos moldes faça você mesmo para que até as pessoas que menos utilizam a internet por falta de habilidade ou hábito possa resolver suas questões de maneira simplificada.

Para consultar a segunda via online, após entrar no site, observe que logo abaixo do cabeçalho tem um quadro informado 2ª via. Clique nele que uma nova área será aberta em outra página. Digite no campo indicado o número de identificação que costa na sua conta como código de cliente, depois insira a senha e pronto, poderá consultar e imprimir sua fatura. Tudo simples, rápido e seguro.

Outros serviços

Aproveite a visita no portal da Ceb para conhecer outras áreas que talvez no futuro possa interessar para solucionar outras questões. São eles: 2ª via da conta, histórico de consumo, solicitar religação da energia, reparos na iluminação pública, verificar qualidade na tensão, acompanhar solicitação de serviços, solicitar declaração de nada consta, solicitar análise de danos.

Em caso de dúvidas ligue para a central de atendimento 0800 644 6116.

Como entrar em uma universidade sem precisar da nota do ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio é a prova padrão para ingressar na universidade, entretanto ela tem ficado tão concorrida e complicada que muitos estudantes preferem procurar por outras opções. E saiba que existem sim algumas oportunidades para você começar o seu curso sem precisar fazer o Enem.

O Enem funciona da seguinte maneira: os estudantes realizam a prova com os conteúdos publicados anteriormente, junto com uma prova de redação de tema desconhecido.

Depois de ter sua nota divulgada, os estudantes a escrevem no Prouni, programa destinado ao ingresso na rede particular de ensino, ou no Sisu, programa destinado ao ingresso na rede pública.

Mas vale lembrar que quem não participou da prova, ainda tem chances. Uma boa opção é o vestibular interno das instituições. Se aprovado, você pode começar o seu curso o quanto antes.

Mas para quem está procurando uma opção de começar o seu curso com uma bolsa de estudos, o programa ideal é o Educa Mais Brasil. Esta proposta está em vigor a algum tempo e muitos estudantes já conquistaram o seu diploma através dela.

O programa distribui bolsas de desconto para diversos cursos sem precisar da prova do Enem. Se o estudante for aprovado, ele deve somente realizar o vestibular interno da instituição escolhida.

As bolsas podem ser de até 70% de desconto, dependendo das oportunidades disponíveis para a sua região. Para conferir as vagas, visite o site do Educa Mais Brasil, forneça a sua localização e realize a inscrição Educa+.

Você também pode contar com outra proposta parecida que é o Quero Bolsa. Esta iniciativa também é realizada através do site, com distribuição de várias bolsas de estudo. E vale mencionar que as bolsas são válidas até o final da formação.

Os requisitos do Quero Bolsa são socioeconômicos, pois o objetivo do programa é auxiliar aqueles estudantes que não podem custear o curso em uma instituição particular.

O Quero Bolsa seleciona as melhores instituições, que disponibilizam diploma e são reconhecidas pelo MEC. Por isso, vale a pena utilizar este recurso. Visite o site do programa e veja qual opção serve melhor para você.

Como você pôde conferir, existem algumas opções bem interessantes para você se inscrever é fácil. Basta você acessar o site dos programas e ver qual bolsa serve melhor para você.

Não se esqueça de verificar as instituições participantes. Se a sua bolsa for aprovada, você só irá precisar realizar a matrícula presencial na unidade.

 

Detran-RJ muda regras para a retirada de veículos apreendidos que estão com o Imposto atrasado

Pois ao saber qual é o valor IPVA 2022 RJ, o contribuinte carioca passa a ter condições de se programar e também de fazer o pagamento para se manter totalmente regularizado com suas contas. E para fazer o pagamento IPVA 2022 RJ será necessário continuar no site do Detran da Rio de Janeiro que já foi citado anteriormente, para fazer a emissão da guia de recolhimento que permite que a ação seja concretizada.

Lembrando que o IPVA não é o único pagamento obrigatório, há também o DPVAT e Licenciamento 2022 RJ.

Tabela IPVA RJ

Por fim, para os contribuintes que desejam parcelar o pagamento do IPVA 2022, DPVAT ou Licenciamento 2022 a melhor coisa a ser feita será observar a tabela IPVA 2022 RJ, pois nela é possível verificar, entre outras coisas, as datas para fazer estes pagamentos. Deste modo, o contribuinte carioca passa a contar com todas as informações para conseguir se programar para pagar este imposto tão importante.

Como evitar o trânsito

Um dos grandes problemas das grandes cidades é, sem dúvida, o trânsito intenso, principalmente nos horários de pico das 6h30 às 9h e entre às 17h e 19h30. Segundo um estudo da Fundação Dom Cabral, os congestionamentos nas grandes cidades brasileiras causam perdas de até 5% na produtividade de um negócio.

E não apenas isso. Veículo parado em um congestionamento gasta e gasta muito. Uma recente reportagem da Revista Exame mostrou que, somente em São Paulo um dos, senão o pior, trânsito do país o desgaste nos veículos parados nos engarrafamentos custa mais de 33 bilhões de reais ao ano.