Aeromoça ganha 4 milhões em dois anos transando com passageiros em avião

Uma comissária de bordo ganhou £650.000 – 4 milhões de reais aproximadamente – após passar dois anos tendo relações íntimas com passageiros dentro das cabines dos banheiros dos aviões.

A atividade extra da mulher, que trabalhava em uma companhia aérea do Oriente Médio, só veio à tona quando ela foi flagrada recentemente, sendo demitida por justa causa.

A comissária,  cujo nome não foi revelado, acabou admitindo que teve relações com muitos outros passageiros durante voos de longas distâncias, entre o Golfo e os Estados Unidos.

As festinhas particulares no banheiro das aeronaves duraram dois anos. Ela supostamente cobrava o equivalente a 9 mil reais – £1.500 sendo mais exato – para ter relações sexuais com os passageiros fetichistas.

Fonte: DailyMail

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.