Al Jazeera faz reportagem sobre a copa em favela carioca e se impressiona com violência

No dia 10 de maio o site America ALjazeera publicou uma reportagem sobre a Copa do Mundo no Brasil, mas muito se engana quem pensa que falaram apenas da infraestrutura, torcida etc

Assim como outros países que têm passado orientações aos torcedores que virão ao Brasil para o Mundial para terem cuidado com assaltos e violência, a história do tráfico de drogas é contada pelo Al Jazeera, bem como a ligação com o futebol. O personagem Padrinho é o “dono” da favela e proprietário do VA Clube. A Copa Vila Aliança foi introduzida na comunidade por Franklin Ferreira, um professor de educação física local. Ferreira destaca que barrou um jogador que estava com um rifle M16 no meio-campo, e reforça que o que acontece fora das quatro linhas “não é de sua conta”. Em fotos, no entanto, alguns jogadores aparecem com armas em punho.

jogo armado

O organizador do evento compara o campeonato à Copa do Mundo, e  diz que apesar da distância não muito longa – 30 km da comunidade até o Estádio do Maracanã, palco da final do Mundial – são poucos os que têm a possibilidade de acompanhar os jogos ao vivo. “Esta é a nossa própria versão pouco disso”.

Anderson Nascimento é um dos principais jogadores do local. Ele já foi profissional e acabou chamado para o time de Padrinho. Ao Jazeera, ele conta sobre a ajuda que recebe de um dos traficantes mais procurados do Brasil.

“Se você perguntar a qualquer adolescente na favela qual o seu sonho, ele vai te dar três respostas: jogador de futebol, ser um cantor famoso de samba ou o dono da favela.”
“Ele nos dá uniformes, engrenagem. Ele ainda ajuda se eu precisar de remédio para a minha filha, ou se eu estou com pouco dinheiro para o mês. Ele tem a vida dele e eu tenho a minha. Se ele me convidar para tomar uma cerveja, eu vou. Eu não o vejo como um cara ruim. Para mim, ele é apenas um cara normal”.

O “emprego” como jogador na Copa Vila Aliança acabou agora em março, justamente por questões da Copa do Mundo. Para combater a violência, a Secretaria de Segurança instalou uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na favela vizinha à Vila Aliança, a Vila Kennedy, e o torneio foi suspenso após troca de tiros entre a polícia e traficantes da região.

*Atualização

Dica de um de nossos leitores. Veja o vídeo enviado no YouTube:

http://www.youtube.com/watch?v=RISSRL31vbY
Fonte: America Aljazeera / Terra / O dia

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.