Aluno faz falsa ameaça de bomba para fugir de prova final

Ele chegou a ser preso, mas saiu sob fiança e não vai mais poder entrar no campus. Nada parecido havia afetado antes o seleto campus da instituição.

Um aluno que não queria fazer a prova final se apresentou na quarta-feira (18) à justiça como o responsável pela falsa ameaça de bomba no campus da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Ele chegou a ser preso, mas saiu sob fiança e não vai mais poder entrar no campus.

Harvard é a mais famosa e respeitada universidade dos Estados Unidos e uma das melhores do mundo. Nada parecido havia afetado antes o seleto campus da instituição.

Na segunda-feira, os quatro prédios principais do campus, onde seriam realizadas as provas finais, foram fechados e os alunos retirados às pressas por causa de uma ameaça de bomba enviada por emails anônimos. A polícia levou horas revistando o local até concluir que não havia nenhum explosivo. A ameaça era um trote.

Os policiais rastrearam o responsável pelos emails, um estudante sul-coreano de 20 anos. Preso, Eldo Kim confessou que deu o trote porque não tinha estudado para a prova final. Quando ele viu que os alarmes soaram no campus e a prova foi adiada, achou que seu plano tinha dado certo. Não imaginou que acabaria preso.

Kim vai responder em liberdade porque seus parentes pagaram fiança de US$ 100 mil, aproximadamente R$235 mil, mas ele está proibido de entrar em Harvard. Em resposta, nesta quinta-feira (19), a universidade ainda não decidiu se irá expulsá-lo.

Fonte: G1

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.