Americana entra na lista de suspeitos de terrorismo após comprar panela de pressão na internet

A Mulher teve a casa cercada por agentes do FBI após comprar uma panela de pressão na internet

Uma jornalista entrou para a lista de suspeitos de terrorismo em Nova York, nos Estados Unidos, após ter comprado uma panela de pressão pela internet.

“Ela acaba de contar que anteontem, quarta-feira, um grupo de seis agentes do FBI, com revólveres na cintura, estacionou dois carros em frente à casa que ela vive, mostraram os distintivos e pediram para fazer uma busca. Durante a batida, fizeram perguntas do tipo: de onde você é? De onde são seus pais? Onde você trabalha? E finalmente: você tem uma panela de pressão em casa?”, relata Megale.

De acordo com o correspondente, foi nesse momento que ela se deu conta de que estava na lista de supostos terroristas do FBI. “Ela usou os contatos que tem como jornalista e descobriu que a casa dela foi escolhida porque várias atitudes suspeitas chamaram a atenção”.

Entre as atitudes suspeitas estão: a compra de uma panela de pressão na internet; outra compra pela web, desta vez de uma mochila; e o fato de o filho da jornalista ter acessado diversas notícias na internet sobre o atentado de Boston, em abril deste ano.

Vale lembrar que, no ataque à maratona, os responsáveis pelo atentado utilizaram como bombas panelas de pressão com pregos e explosivos.

Fonte: TV Band

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.