Casal chama a polícia após ataque de gata; um animal de estimação da família

Teresa Gregory e o marido fugiram de bichano na Flórida, nos EUA. ‘Ela nos encurralou no quarto’, contou a americana à polícia

“Kush”, uma gata de 4 anos de idade precisou ser retirada de uma casa com ajuda policial em DeLand, na Flórida (EUA), depois que sua dona ligou para a emergência alegando que o felino feroz havia aprisionado ela e o marido em um cômodo.

“Não consigo sair. Ela nos encurralou no quarto”, disse Teresa Gregory, de 50 anos. “Ela está sentada na parte de fora do quarto, não sabemos o que fazer”.

Gregory contou à polícia que a gata começou a se comportar mal naquele dia e que seu marido James decidiu colocar o animal no banheiro “de castigo”. Quando o bicho foi solto, Kush “ficou maluca”, arranhando e perseguindo o casal.

kush

Uma equipe do controle de animais foi ao local e capturou o bichano, que foi levado em quarentena por 10 dias para verificar se o animal estava com raiva, apesar de não mostrar sintomas aparentes. No entanto, os donos dizem que nunca vacinaram Kush.

Os americanos disseram que ambos tiveram arranhões nos braços e pernas, mas dispensaram atendimento médico. “Não sei o que fazer, eu amo essa gata de paixão”, lamentou a americana.

O casal informou que pensa em oferecer o gato para a adoção.

Fonte: Reuters / DailyMail

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.