Cientistas tentam criar rebanho que não solta pum

Na Austrália, depois do setor energético, quem mais polui o ambiente é a agropecuária. Ao todo, este setor é responsável por 16% das emissões de carbono. Dois terços dessas emissões são culpa do gado e 66% é só por causa da flatulência de animais ruminantes como vacas, cabras e ovelhas.

Por causa disso, um centro de pesquisas australiano está conduzindo um estudo para criar gado menos flatulento. Eles pegam ovelhas de 20 linhagens genéticas diferentes, alimentam e depois as colocam em um ambiente onde é possível medir a intensidade de seus peidos.

– Nós estamos tentando ver como reduzir as emissões das ovelhas. Por toda a Austrália, várias equipes estão tentando a mesma coisa de vários jeitos: mudando os micróbios de seus intestinos, mudando a dieta delas ou mudando a própria genética do animal, diz Roger Hegarty, que responde pelo estudo.

Depois de entender se isso é possível, ele pretende descobrir se isso pode fazer bem para o animal.

– O metano é o escapamento do gado. Se fosse um carro, você não poderia simplesmente tapar o escapamento e esperar que ele continue rodando normalmente. Nós queremos reduzir as emissões de carbono cuidadosamente, sem que isso cause outros problemas, disse ele.

Bom saber que, nessa brincadeira de inventar ovelhas que não soltem pum, eles não estejam pensando em simplesmente instalar rolhas nos animais.

Fonte: BBC / R7

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.