Construtora esquece de construir elevadores em prédio de 47 andares

Uma empresa de construção fez um prédio de 47 andares em Benidorm, na Espanha, mas esqueceu de um detalhe importante: o elevador.

O Intempo, que é formado por duas torres (unidas nos últimos oito andares), foi planejado com a ideia de ser o edifício residencial mais alto da Europa.

No entanto, faltando poucos meses para a conclusão do projeto, os contratantes se depararam com a falta de elevador.

Originalmente, os engenheiros projetaram um prédio de 20 andares, mas no meio do caminho resolveram aumentar a escala e ampliar o prédio. O problema é que só os primeiros 20 andares, concebidos anteriormente, contam com elevador. Quem quiser ir além, terá que contar com a escada.

O arranha-céu Intempo foi projetado para ser um símbolo de esperança e prosperidade, uma tentativa de melhorar o clima da cidade durante a dura realidade da crise financeira enfrentada pelo país atualmente.

No entanto, além de não haver previsão para solucionar o problema, os engenheiros e arquitetos que trabalhavam no projeto pediram demissão e ainda não se sabe como os desenvolvedores vão resolver a questão. Para piorar a situação, relatórios analisados ​​pelo jornal “El Pais”, da Espanha, sugerem que não há mais espaço para outro elevador ou equipamento motor.

De acordo com o projeto, o Intempo contará com 269 apartamentos. Até agora, o arranha-céu está com 94% de sua estrutura completa, mas apenas 35% das casas vendidas.

intempo

Fonte: Daily Mail / BOL Notícias

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.