Em represália a colegas, deputada quer coibir venda de Viagra

A deputada estadual Mia McLeod apresentou um projeto de lei inusitado na Assembleia Legislativa da Carolina do Sul, Sudeste dos Estados Unidos: ela quer dificultar a venda de remédios como Viagra e Cialis e reduzir o acesso a tratamentos de disfunção erétil.

O projeto de lei não vai andar e ela mesmo admitiu isso, em entrevista à imprensa. Mas essa era sua ideia desde o começo. O que Mia queria era mandar uma mensagem à Assembleia Legislativa, dominada por homens republicanos. Já que eles ficam apresentando projetos de lei que ela considera contra a mulher, incluindo restrições ao aborto, agora “provam do próprio veneno”.

Fonte: ConJur

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.