Estudante coloca ‘boca de fumo’ como referência para receber cartão do Enem

O Enem 2014 ainda nem passou e as pérolas já aparecem na internet. Jovem justificou endereço como forma de ‘zoar’ e ‘ajudar o carteiro’

Um estudante amapaense de 20 anos utilizou um complemento inusitado para informar o endereço residencial quando foi se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O candidato mora no bairro Perpétuo Socorro, na Zona Leste de Macapá e, na hora de preencher a inscrição no site do Enem, identificou como ponto de referência para o seu endereço a expressão “próximo a uma boca de fumo“. O estudante, que pediu para não ser identificado, disse que quis “zoar” e “ajudar o carteiro” a localizar o endereço. A correspondência traz o endereço do local de provas dos candidatos e outros detalhes sobre a inscrição, mas não precisa ser apresentada no dia da prova.

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que “o campo ‘complemento’ existente no formulário de inscrição do Enem, cujo preenchimento é de responsabilidade exclusiva do participante, tem por objetivo auxiliar os Correios na entrega dos cartões de confirmação”, e que, “caso seja comprovado que houve desrespeito ao Exame por declaração falsa ou inexata, o candidato será eliminado, conforme prevê o Edital nos itens 4.3 e 19.3.1”.

“Foi uma forma de zoar e na verdade até ajudar o carteiro. Sou bem-humorado e é bem verdade que existe uma boca de fumo por perto”, reforçou o jovem, que disse ser estudioso e estar preparado para fazer o Enem. Ele recebeu a correspondência na terça-feira (28).

“Meu pai achou engraçado e meu irmão também, mas se todo mundo sabe disso [da boca de fumo] por que esconder né?”, questionou o rapaz, que em 2013 ingressou na Universidade Federal do Amapá (Unifap) através do Enem. Ele conta que em 2014 vai fazer o exame apenas para “testar os conhecimentos”.

Em nota, o Inep lamentou o “uso indevido desse campo” e informou que já solicitou esclarecimentos ao participante sobre o motivo que o levou a preencher o mencionado campo dessa forma.

O caso ganhou repercussão no Amapá, após uma imagem do documento ter sido compartilhada nas redes sociais. O estudante disse que ficou surpreso com a quantidade de reproduções da foto na internet. “Eu tirei uma foto e publiquei em um grupo que tenho com os meus amigos no WhatsApp, aí eles começaram a compartilhar e gerou tudo isso”, falou.

Brincadeiras e piadas vão zerar redação do Enem em 2014

Em 2014, quem fugir do tema da redação do Enem com brincadeiras terá a nota zerada. No final da semana, nos dias 8 e 9 de novembro, 9 milhões de candidatos vão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio. Em 2013, um estudante incluiu um trecho do hino do Palmeiras no texto e o outro escreveu uma receita de macarrão instantâneo no meio da redação. Na época, os dois ainda receberam metade da pontuação.

Fonte: G1 / WhatsApp

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.