Filho mata mãe por discussão sobre volume da TV

O rapaz de 26 anos que matou a mãe no Distrito Federal alegou na polícia um motivo banal para o crime. Anderson Pereira da Silva, estudante de Administração, afirmou que sofria de insônia e que, na noite do assassinato, discutiu com a mãe porque ela pediu que ele desligasse a tevê, pois precisava acordar cedo para trabalhar no dia seguinte. O rapaz afirmou que houve um empurra-empurra e que ele acabou pegando um martelo e golpeando a mãe na cabeça.

Depois de matar a mãe, Anderson foi até a polícia e registrou queixa de desaparecimento da comerciante Rosilda Maria de Fátima, 48 anos, no dia 15 de abril. Fez uma obra no quarto e preparou um local para esconder o corpo. Para reforçar a tese de deparecimento, fez panfletos e distribuiu no DF e entorno. Três denúncias anônimas, no entanto, informaram à polícia que o corpo estava enterrado na própria casa.

Nesta quarta-feira, a polícia foi à casa e localizou o corpo embaixo de camadas de brita, terra, sacos plásticos e uma mistura de cal, que serviria para acelerar a decomposição e disfarçar o mau cheiro. Durante todo o tempo, o rapaz ficou sentado na cama do quarto, sem esboçar reação.

– Ele matou a mãe, ocultou o cadáver e criou, inventou essa história de desaparecimento para poder encobrir o crime, que ele próprio praticou – diz o delegado Marco Antônio de Almeida.

Os vizinhos ficaram chocados com o crime. Eles contam que durante todo esse tempo, o filho de Rosilda se mostrou indiferente.

– A gente perguntava se ele tinha notícia. Ele dizia que não tinha – conta a doméstica Tereza Pereira da Silva.

No depoimento, o rapaz confessou ter matado a mãe. O pedreiro que fez a obra no quarto dele disse que não sabia do crime. O rapaz foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e o delegado vai entrar hoje com o pedido de prisão por homicídio

O irmão de Anderson afirmou que ele discutia com a mãe de vez em quando, mas nada que o levasse a suspeitar de que uma tragédia poderia ocorrer.

Fonte: O Globo

2 thoughts on “Filho mata mãe por discussão sobre volume da TV

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.