Homem morre engasgado em competição americana de hot-dog

Pão, salsicha, ketchup, mostarda e batata palha. O nostálgico hot-dog, vendido em estádios de futebol nessa copa etc, mas uma arma se devorado em excesso

À receita clássica pode-se acrescentar vinagrete, bacon, milho, purê de batata… Há até aqueles sanduíches exageraaaados — conhecidos como dogão — que reúnem todos esses ingredientes e mais alguns, enfim, uma delícia! Mas uma competição de “devoração” de cachorros-quentes no Dia da Independência Americana, se tornou trágica quando um dos participantes engasgou até a morte. As competições de comer rapidamente são populares no fim de semana de 4 de julho.

Uma competição de tortas havia sido planejada para a próxima semana, mas foi cancelada após a tragédia. Já os organizadores de eventos similares estão considerando fazer algumas mudanças para o campeonato do próximo ano.

Walter Eagle Tail, 47, de Custer, morreu no hospital na quinta-feira depois de fracassarem tentativas de salvá-lo no local, disse o xerife do condado de Custer, Rick Wheeler, em entrevista concedida a um jornal local.

“Havia alguém fazendo massagem cardíaca quando chegamos”, disse Wheeler. “Ele provavelmente apenas sufocou. Ficou entalado em sua garganta e os paramédicos não conseguiram tirá-lo. Tudo aconteceu em minutos”, disse o xerife.

Confira as imagens do evento!

O campeão mundial Joey “Jaws” (“Mandíbulas”) Chestnut, de 30 anos, de San Jose, na Califórnia, conquistou seu oitavo título consecutivo depois de atacar 61 pães com salsicha – menos que seu recorde de 69 em 2013. Chestnut foi desafiado pelo vice-campeão Matt Stonie, que engoliu 56 cachorros-quentes em 10 minutos.

Foto: Reuters
Fonte: Daily Mirror / Rapid City / AP

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.