Jovem alcoólatra é preso em caixão pelo pai

Um cristão menonita (grupo religioso) de 21 anos que permaneceu, por decisão de seu pai, três semanas trancado em uma caixa de madeira como punição por consumir bebidas alcoólicas, foi libertado ontem pela polícia boliviana.

O advogado Wilson Vilchez, que assumiu a defesa do jovem, afirmou que “a polícia da região de Santa Cruz resgatou o jovem Johan Knelsen. E o mais grave, seu pai, David Knelsen, era quem o mantinha em sua própria casa, reduzido a esta forma de escravidão.

Segundo o canal de televisão Red Uno, Johan Knelsen foi mantido preso em um caixão de 1,80 metro de altura por 60 centímetros de largura e só recebia alimentação por uma janela pequena. O jovem dormia ali e fazia suas necessidades fisiológicas em garrafas e outros recipientes plásticos.

“Eu me comportei mal, consumi bebidas alcoólicas”, disse, após ter sido libertado e cair no choro. Sua mãe teria avisado a polícia.

O pai e outras autoridades religiosas da comunidade menonita de Tres Cruces, ao leste da cidade de Santa Cruz, serão notificados pela promotoria, disse o advogado Vilchez.

Fonte: Jornal do Brasil

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.