Jovem corta garganta de amigo após discussão por Gears 3

Um garoto de 13 anos cortou a garganta de seu amigo após os dois trocarem desavenças motivadas pelo jogo Gears of War 3. O crime contra a vítima, de 14 anos, ocorreu em Clydebank, na Escócia. A polícia declarou que games violentos podem ter influenciado a ação do criminoso.

O acusado teria se tornado amigo de sua vítima há apenas alguns meses, após se conhecerem em partidas online de Gears of War 3 (jogo indicado para maiores de 18 anos) na Xbox Live.

Durante o julgamento do caso, que está em andamento na Alta Corte de Glasgow, foi averiguado que os dois garotos tiveram um desentendimento por questões relacionadas ao jogo. Após fazer o corte, o agressor teria pedido para a vítima “não morrer” e saído do local calmamente.

Sem poder ser condenado, devido à sua idade, o acusado admitiu culpa no caso.

A vítima, que sobreviveu ao ataque, está traumatizada desde o episódio, que ocorreu em abril de 2012.

No dia do crime, a vítima encontrou alguns amigos e o grupo seguiu para encontrar o acusado em uma loja. Mais tarde, quando a vítima passava pela rua com outro rapaz, foi atacado. Atendido pelos paramédicos, ele disse que a agressão tinha surgido por uma discussão sobre um jogo de Xbox.

Embora se conhecessem desde 2011, as brigas entre os dois teriam começado um mês antes do ataque – algo evidenciado por trocas de xingamentos pela Xbox Live.

O ferimento na garganta do jovem foi tão profundo que expôs a traqueia e precisou de 20 pontos para ser fechado após cirurgia.

Pontos de vista – O diretor da Federação da Polícia Escocesa criticou a violência presente no jogo. “Esses games são para maiores de 18 anos e não deveriam ser jogados por crianças dessa idade – mas o jogo online pode estar além do conhecimento dos pais. Nós temos que rever o que podemos fazer para acabar com isso.”

Um assessor da Microsoft, distribuidora do título e fabricante do Xbox 360, se pronunciou sobre o caso: “Nós temos um dos sistemas mais robustos para controle dos pais, um sistema que dá controle para que eles decidam como suas crianças jogarão e se comunicarão. Nós sentimos muito pela vítima e sua família.”

Fonte: Daily Mail/ Info

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.