Médico nega atestado para o Natal, e casal ‘quebra’ hospital

Mulher alegou apenas dor na mão e não precisava do atestado, diz profissional. Santa Casa teve equipamentos quebrados, mas atendimento segue normal.

Um casal depredou a recepção do centro de ortopedia da Santa Casa de Limeira (SP) após o médico que atendeu a mulher negar um atestado para os dias 24 e 25 de dezembro, conforme ela queria. A confusão aconteceu por volta das 18h30 desta segunda (23). Segundo o profissional, que pediu para não ser identificado, a mulher foi atendida e medicada porque estava com dores na mão e recebeu liberação do trabalho somente para esta terça-feira (23).

De acordo com o médico, após o atendimento, a mulher foi até a recepção para retirar o atestado médico, mas ficou revoltada ao ver que o documento valia somente para um dia. “Não havia necessidade de ela ficar mais tempo em casa”, disse o profissional.

A suspeita passou a gritar palavras de baixo calão e chegou a tentar agredir o médico na sala de descanso dos profissionais, mas foi impedida por outros funcionários que viram a confusão, segundo a vítima.

Depois disso, ainda segundo o médico, o marido e a mulher passaram a danificar objetos e equipamentos da recepção da clínica e depois fugiram. A Polícia Militar foi chamada, mas não encontrou o casal. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil com os dados da mulher contidos no sistema do hospital. “É uma situação lamentável”, afirmou o médico. Um funcionário da Santa Casa enviou as fotos dos danos à reportagem, mas também pediu para não ser identificado.

Prejuízos

Conforme informações da Santa Casa, foram danificados um computador, uma impressora, uma televisão e até o suporte de senhas da recepção da ortopedia. Apesar dos estragos, a instituição informou, por meio de assessoria de imprensa, que o atendimento continua normalmente no local.

Fonte: G1 via EPTV

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.