Menina de 4 anos inicia tratamento contra vício de iPad

Ela é a britânica mais jovem a ser diagnosticada com vício em iPad. A compulsão em usar o tablet da Apple fez uma garota (o nome foi mantido em sigilo para preservar a privacidade da criança) de apenas quatro anos ser obrigada a passar por tratamento psiquiátrico. Ela adora os joguinhos no iPad e apresenta sintomas de abstinência quando o aparelho é retirado dela.

A notícia surge dias após uma pesquisa mostrar o crescente uso de aparelhos eletrônicos por crianças de menos de 10 anos. Metade dos pais deixa o filho usar o smartphone ou tablet e cerca de 15% das crianças usa o aparelho por quatro ou mais horas todos os dias, segundo esse levantamento. A garota, moradora do sudeste de Londres, ficou viciada no iPad com três anos de idade.

Richard Graham, médico da menina, diz que casos como esse tendem a ser mais frequentes. Para ele, quanto mais cedo os pais perceberem o comportamento da criança, mais fácil será tratar o problema. O vício em Internet é uma doença catalogada do Catálogo Internacional de Doenças. A clínica de Graham oferece um programa de desintoxicação de um mês ao custo de £16,000 (R$ 50 mil).

Fonte: News.com.au / Yahoo

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.