Monges serão treinados para serem mais másculos na Tailândia

Preocupados com o comportamento afeminado de alguns monges, sobretudo noviços, autoridades religiosas da Tailândia resolveram criar um curso para ensinar os monges a serem um pouco mais masculinos.

MongesA Tailândia é um dos países asiáticos mais tolerantes em relação à homossexualidade. Ainda assim os monges budistas mais conservadores, normalmente mais idosos, estão pressionando para dar uma basta no que consideram um comportamento inadequado para os religiosos. O homossexualismo ainda é considerado incompatível com a condição de sacerdote budista, com suas tradições de celibato e de auto-disciplina.

Se tiver sucesso, o novo curso, inicialmente introduzido em um seminário budista no norte do país, será implementado também nas demais escolas e mosteiros tailandeses.

Não usar maquiagem, ou pelos menos optar por uma mais discreta, e evitar túnicas muita apertadas que destaquem o corpo fazem parte do programa a ser ensinado.

Fonte: BBC Brasil

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.