Panelas de pressão com dois quilos de feijão são furtadas por criminosos

“…nunca imaginei que alguém fosse furtar justamente as panelas com feijão, deve ser porque está caro”; Pedreiro cozinhava o feijão em fogão de carvão improvisado para economizar gás

Duas panelas de pressão que estavam com dois quilos de feijão cozinhando em fogões nos fundos de uma residência foram furtadas na noite desta sexta-feira (17), em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho. As panelas estavam em dois fogões a carvão, feitos com reaproveitamento de latas de tinta.

O dono da residência, o pedreiro NeiIo Rodrigues Vieira, de 37 anos, contou que ficou perplexo com a ação tendo em vista que havia outros objetos de maior valor no local e que não foram levados pelos criminosos. “Junto com as panelas haviam mais de 10 pares de sapatos, uma máquina de lavar roupa e até uma motocicleta, mas só levaram as panelas”, explica.

Ainda de acordo com Neilo, há vários anos ele cozinha feijão nos fogões para economizar gás e nunca havia sido furtado. “Como ninguém tinha mexido com nada aqui, nunca imaginei que alguém fosse furtar justamente as panelas com feijão, deve ser porque está caro”, brinca.

O quilo do grão pode ser encontrado por até R$ 15 nos supermercados de todo o Brasil. O alimento ficou mais caro devido à queda na produção, impactada por alterações climáticas, como a estiagem no início do ano.

O pedreiro disse que fez o registro da ocorrência na delegacia por insistência da esposa e também como forma de alerta, pois vários vizinhos já foram furtados. “Acredito que seja algum usuário de drogas do bairro que está praticando esses furtos, por isso decidi registrar o caso, para que as autoridades policiais intensifiquem o trabalho no bairro”, expõe.

Nenhum suspeito pelo crime foi identificado.

Fonte: G1/Rondônia

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.