Para driblar bafômetro, jovens mexicanos “bebem” álcool via anal

As autoridades de saúde do estado mexicano Tamaulipas estão preocupados com a forma como jovens têm ingerido álcool sem que possam ser pegos no bafômetro. Para fugir da fiscalização, eles têm “bebido” por via anal ou vaginal.

“Não temos dados oficiais reportados, mas é uma certeza que essa prática [ingestão de bebida pelas vias anal e vaginal] vem acontecendo entre os jovens da região”, afirma Soraya Sánchez, chefe do departamento de dependentes da Secretaria de Saúde local.

Como era de se esperar, médicos consideram que a prática é de altíssimo risco. Os locais por onde a bebida são ingeridas proporcionam fácil absorção e, por isso, têm efeito similar ao da ingestão por via oral.

A prática, porém, pode levar a infecções nos locais por conta do álcool das bebidas. Com isso, infecções generalizadas não são raras nos adeptos destas práticas.

De acordo com as informações da imprensa local, os jovens utilizam objetos de higiene íntima feminina para ingerir a bebida por via anal ou vaginal.

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.