PM prega trote em meninos que ligavam no 190

Que a criançada de “hoje em dia” é esperta, a gente já sabe. Elas são bem conscientes de suas atitudes, só não fazem ideia do transtorno que causam ao passarem trotes para serviços emergenciais. Mas dessa vez, dois meninos se deram mal quando um policial pregou um tremendo trote neles. Veja a reação dos meninos!

Trote é crime

Os maiores responsáveis pelos trotes são as crianças e os adolescentes. Durante os intervalos e as saídas escolares, a incidência de ligações desse tipo aumenta 10%. “Em época de provas existem estudantes que ligam dizendo que há uma bomba dentro do colégio”, revela Policial do Copom/SP. “Temos de evacuar o local, e os testes são adiados.” Cada viagem de viatura sem necessidade custa 200 reais aos cofres públicos.

Pouco se fala, mas é comum o uso do serviço 190 por criminosos. Planejando atacar determinada empresa ou estabelecimento, assaltantes denunciam falsamente ocorrências em outros endereços para desviar as patrulhas que rondam determinada região. Há também indivíduos que telefonam para dar cantadas em atendentes mulheres e outros que querem apenas alguém para conversar!

Categorizado no Código Penal como falsa comunicação de crime, o trote pode resultar em até seis meses de prisão.

Chamada inusitada no 190

Parecia ser mais um trote. Na madrugada do dia 10 de novembro de 2005, um atendente ouviu o relato de uma briga envolvendo o boxeador Mike Tyson dentro da boate Bahamas, casa em Moema (atualmente reaberta) frequentada por garotas de programa. Ao desligar, o operador percebeu que a suposta piada poderia ser verdade. Surgiram outras queixas da tal briga. O atleta havia agredido um cinegrafista e acabou detido pela polícia quando já estava em outra casa noturna, a Love Story, no centro.

190 – MODO DE USAR

Acione a PM se…

Presenciar uma briga.

Os policiais podem impedir que um simples desentendimento termine em homicídio

Seu carro tiver sido roubado.

A PM lança um alerta pelo rádio. Se o veículo for visto na rua, será apreendido

Tiver presenciado ou sido vítima de assalto.

Houver alguém tentando invadir a sua casa ou a de seu vizinho.

Suspeitar estar sendo vítima de golpe financeiro.

A PM costuma conhecer as últimas modalidades aplicadas na praça e poderá evitar que você caia na armadilha

Presenciar um acidente de carro com vítima.

Uma viatura da polícia deve ir ao local para isolar os veículos envolvidos até a chegada do resgate

Encontrar um cadáver.

A PM deve ir ao local. Se a causa da morte for suspeita, ela acionará a perícia

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.