Policial é preso por castrar o amante da mulher por vingança

Traído pela mulher, um policial francês decidiu se vingar castrando o amante dela. O policial militar, de 43 anos e pai de cinco filhos, foi acusado de “tortura e barbárie gerando uma mutilação” pelo tribunal da cidade de Reichshoffen (leste da França).

Segundo a Corte, no sábado (23), o policial surpreendeu o amante da mulher, um homem casado de 54 anos, na casa dele. Após golpeá-lo com o cacetete, o policial arrastou a vítima inconsciente até a garagem e a mutilou.

Ao sair da casa do rival, o traído alertou os vizinhos, que chamaram uma ambulância, e se entregou. Pelo caso, ele pode pegar até 30 anos de prisão.

Em depoimento, o acusado afirmou ao juiz que queria fazer o rival sofrer. A imprensa francesa não informa se o mutilado conseguiu ter o membro reimplantado, mas sua família informou que os “danos são irreparáveis”.

Fonte: AFP

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.