Professor é acusado de roubar figurinhas da Copa de alunos

A estratégia do professor seria de repreender trocas de figurinhas e confiscá-las para, em seguida, incluí-las em sua coleção. O caso foi parar na polícia!

A febre do álbum de figurinhas da Copa do Mundo do Brasil virou caso de polícia em uma escola na cidade de Bucaramanga, na Colômbia. Um estudante de 13 anos acusa um professor de roubar cromos de alunos para colar em seu próprio livro ilustrado. O jovem contou que o professor pegava os bolos de figurinhas alegando que a troca e a venda entre os alunos os distraiam e atrapalhavam as aulas. Mas prometia devolver ao fim do dia, fato esse que não acontecia, ainda mais se fossem figurinhas inéditas.

Em entrevista à uma rádio local, a mãe do denunciante repudiou a atitude do mestre:

– Isso não é exemplo para os jovens, pegar figurinhas para ele mesmo – disse à “Blu Radio”.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente local investiga o caso.

Fonte: El Espectador / Globo Esporte

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.