Rapaz que namorava três mulheres é desmascarado em público por elas em aeroporto

As garotas descobriram que namoravam a mesma pessoa. Juntas, elas tramaram se vingar do rapaz e se tornaram amigas

O assistente de um supermercado foi recepcionado pelas três namoradas no aeroporto de Londres e fugiu com a avó ao ser confrontado por elas. O curioso caso aconteceu no último sábado (13), quando Charlie Fisher, 20 anos, voltava para casa depois de passar o feriado com a família na Alemanha.

Ele namorava ao mesmo tempo a estudante Becky Connery, 17 anos, Lizzie Leeland-Cunningham, 19 anos, e uma outra garota que preferiu não ser identificada. Todos os relacionamentos já tinham ultrapassado a marca dos seis meses quando as jovens descobriram que compartilhavam o rapaz.

Tudo começou quando Charlie viajou no feriado, e Becky descobriu que estava sendo traída por ele. A estudante entrou em contato com as outras namoradas do jovem, e juntas, as três planejaram humilhá-lo no meio do aeroporto quando ele voltasse da viagem.

Ao deixar o setor de chegadas do aeroporto de Luton, Charlie foi recebido por um coro de “mentiroso! mentiroso!”.

Abalado, o assistente fugiu do local com a avó. Em entrevista ao site britânico MailOnline, Becky contou como conheceu e se apaixonou por Charlie. “Eu o conhecia há três anos, mas nós começamos a sair em março. Logo no início do namoro, tivemos uma conversa onde decidimos que não veríamos mais ninguém, que nosso relacionamento era exclusivo e monogâmico”, disse a estudante.

“Eu estava apaixonada por ele, e ele também disse que me amava. Mas eu tive suspeitas desde o início. Charlie nunca me deixava encostar no telefone dele, nem colocar fotos nossas nas redes sociais. Ele apagava os comentários que eu fazia sobre nós, e refletindo agora, tudo isso era muito estranho”, relatou Becky.

Tudo culminou na véspera da viagem de Charlie, quando ela pegou o telefone dele e viu a mensagem de uma garoto dizendo que o encontraria mais tarde. “Ele me pegou lendo as mensagens deles e nós tivemos uma briga, mas ele disse que a garota era uma amiga”.

Insatisfeita com a explicação, no dia seguinte à viagem do namorado, Becky encontrou a outra namorada de Charlie, e lhe mandou uma mensagem privada no Twitter. As duas combinaram de se encontrar pessoalmente, e foi quando a jovem revelou que também desconfiava do namorado desde que eles começaram o relacionamento em janeiro.

Durante a conversa, elas também descobriram que Charlie tinha um terceiro amor – Lizzie Leeland-Cunningham. Ela o conheceu através do Facebook, e eles estavam juntos desde abril.

“Ele era muito charmoso e sabia exatamente a coisa certa a ser dita na hora certa”.

O trio de traídas se encontrou em um barzinho para comparar informações sobre o namorado, e descobriram os detalhes das traições. Foi Lizzie que sugeriu que as três fossem encontrá-lo no aeroporto. Após Charlie passar pela alfândega, as jovens o chamaram pelo nome.

“Ele congelou ao nos ouvir, e perguntou o que estávamos fazendo ali”, disse Becky. Ele pediu para conversar com as namoradas depois, mas, indignadas com o comportamento do namorado, as garotas insistiram. “Eu não acredito que você pode nos enganar por sete meses”, Lizzie relembra as palavras que disse ao confrontar o ex. “Você não tem nada a nos dizer?”.

No entanto, Charlie correu para o estacionamento do aeroporto com a sua avó, que tinha aparecido para buscá-lo. As garotas continuaram a confrontá-lo, e ainda pararam para explicar o que tinha acontecido para a avó do rapaz. “Ela apenas deu de ombros e disse ‘Ok'”, conta Becky.

Após o fim do relacionamento com o traidor, as jovens ficaram amigas. “Eu não consigo entender o que a gente viu nele. Mas estou feliz de tê-lo confrontado, não estamos mais no século 16 e as mulheres não precisam mais aturar este tipo de comportamento”, garantiu a estudante.

mulheres traidas

Fonte: The Sun /Daily Mail / Correio

Foto: Reprodução/Twitter

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.