Tom e Jerry é censurado no Brasil por conter cenas violentas

Todas as crianças que cresceram assistindo televisão sabem quem são “Tom e Jerry”. O desenho marcou toda uma geração e é famoso até hoje.

O gato Tom e o rato Jerry nunca mais poderão trocar agressões na tela do Cartoon Network. Criados em 1940, os personagens animados de William Hanna e Joseph Barbera foram considerados “politicamente incorretos” pelo canal e terão 27 episódios tirados do ar.

O desenho já sofreu censura em outros países, em especial no Reino Unido, que retirou do ar cenas de racismo e fumo. No Brasil, serão eliminados os episódios contendo violência física.

Esta não é a primeira vez que o canal infantil da Turner censura suas atrações: na lista de cortes, estão episódios de “Apenas um Show” e do blockbuster “Ben 10”, além de animes como “Naruto”. O Cartoon Network é líder de Ibope na TV paga desde setembro do ano passado, mas as críticas contra o conteúdo cada vez mais censurado tem sido questionado pela audiência.

tom e jerry proibido para menores

Cartoon Network nega a própria história

Em tempo: usando a imprensa para conter o incêndio, a Turner anunciou nesta quarta-feira que “comprou” uma nova série de Tom & Jerry, chamada The Tom & Jerry Show, que tem estreia prevista para 2014 no Cartoon Network nacional — como se isso “diminuísse” a perda dos 27 curtas clássicos. Só esqueceram de avisar que a produção nova é da Warner Animation, que é do mesmo grupo que o canal, e que o CN sempre teve preferência na exibição do desenho animado. Ou seja: a novidade seria anunciar que não iam exibir…

E, dessa forma, a hipocrisia continua. Hipocrisia essa que pode ferir muito mais pessoas do que um episódio “violento” de Tom & Jerry.

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.