Top 10 profissões que mais (e menos) atraem psicopatas

Você já se perguntou se o seu colega de trabalho pode ser um potencial psicopata? Se a resposta for não, é preciso começar a pensar, principalmente se seus colegas são políticos, advogados, jornalistas e até CEOs (Chief Executive Officer).

O psicólogo Kevin Dutton, autor do livro “The Wisdom of Psychopaths: What Saints, Spies, and Serial Killers Can Teach Us About Success”, listou as profissões que mais atraem os psicopatas e as que menos possuem profissionais com esse transtorno de personalidade, coforme publicado no site WND Health.

Dutton conta que psicopatas nem sempre são pessoas conturbadas e altamente perigosas, como muitos acreditam. “Quando psicólogos falam sobre o termo psicopatia, eles se referem às pessoas que têm um conjunto distinto de características de personalidade, que incluem itens como destemor, crueldade, capacidade de persuasão e falta de consciência e empatia”.

Por quê?

As profissões que atraem essas pessoas requerem tomadas de decisões mais frias e objetivas e envolvem muito poder. Por outro lado, as carreiras que precisam lidar com sentimentos e oferecem pouco poder não os atraem em nada.

Veja abaixo as profissões que têm mais e menos psicopatas:

Mais psicopatas:

1. Diretor Executivo (CEO)

2. Advogados

3. Profissional de Rádio e TV

4. Vendedor

5. Cirurgião

6. Jornalista

7. Policial

8. Pastores e padres

9. Chef de cozinha

10. Funcionários públicos

Menos psicopatas:
1. Cuidador de idosos

2. Enfermeira

3. Terapeuta

4. Artesão

5. Estilista

6. Voluntários

7. Professor

8. Artista

9. Médico

10. Contador

Fonte:  Barking Up The Wrong Tree / Yahoo

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.