Vendedor alega sonambulismo após flagrante de estupro em SP

SÃO PAULO – Um vendedor foi preso em flagrante após entrar no quarto de uma adolescente para molestá-la enquanto ela dormia, na madrugada de quarta-feira, na Vila Gustavo, na zona norte de São Paulo. Ele foi surpreendido por uma prima da vítima e alegou que era sonâmbulo, mas foi autuado por estupro de vulnerável.

sonambulismo

Segundo o relato das testemunhas, o suspeito, que mora na mesma casa, entrou à noite no quarto da adolescente de 13 anos e começou passar a mão no corpo da jovem adormecida.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o vendedor explicou que era sonâmbulo e não tinha consciência do que estava fazendo. A vítima e suas duas primas não acreditaram na história do suspeito e chamaram a polícia.

Uma ambulância do Projeto Bem-Me-Quer levou a adolescente ao Hospital Pérola Byington, na Bela Vista, para exames médicos. Foi apreendida uma faca que estava na residência. O autuado foi encaminhado à carceragem de trânsito do 72º Distrito Policial, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Portal Terra

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.