Conheça um dos festivais mais bizarros do mundo – O festival da fertilidade

Jovens recém-casadas, algumas em trajes tradicionais japoneses, sentam no falo gigante que, segundo a tradição, traz felicidade marital, fertilidade e boa sorte

Há quem ache o Japão um país com costumes bizarros… Se você ainda tem dúvidas disso, conheça o festival da fertilidade.

Ocorreu no último domingo (12) na cidade de Nagaoka, no Japão, do tradicional Festival da fertilidade.

Qual a origem deste festival tão inusitado?

Dizem que tudo começou na Era Edo (1604-1868), por causa das prostitutas que faziam orações, pedindo prosperidade nos negócios e proteção das doenças sexualmente transmissíveis. Com o tempo, a celebração passou a atrair também visitantes que rezavam por filhos saudáveis e harmonia no casamento.
Mas ficou famoso na década de 70, quando uma boate gay doou um andor com um pênis gigante cor-de-rosa, que virou ícone do evento. O festival é realizado desde o século 17 e é também chamado de Festival do Falo de Aço.
Jovens recém-casadas, algumas em trajes tradicionais japoneses, sentam no falo gigante que, segundo a tradição, traz felicidade marital, fertilidade e boa sorte.

Kanamara Matsuri

O membro gigante, de 2,2 metros de comprimento e pesando 600 quilos, é a principal atração do festival Kanamara Matsuri, mas há esculturas de vários tamanhos, espalhados pelas ruas cidades.

Durante o evento, é possível encontrar todo tipo de objeto fálico, de chaveiros a bombons, até itens mais singulares.

Outros festivais semelhantes

No Japão, ainda há outros festivais da fertilidade além do Kanamara Matsuri, como o Hime no Miya e Hounen Matsuri, celebrado todos os anos durante o mês de março em duas cidades japonesas da província de Aichi.

Foto: Reprodução / Guilhem Vellut / CC-BY

Comentar

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.